X
    Categories: Multas Transito

Multas gravíssimas: quais são, valores e como recorrer?

Antes de saber sobre quais são, os valores e como recorrer, saiba que as multas gravíssimas é uma penalidade normalmente aplicada para os condutores que acabam cometendo infrações que são consideradas de mesma gravidade.

Assim, tais infrações sempre recebem tal classificação por possuírem riscos sérios de acidentes no trânsito. No entanto, felizmente, tal tipo de infração não é sempre o mais cometido pelos motoristas do país.

Vale lembrar ainda, que esse tipo de multa não é definido pelo agente de trânsito na hora da autuação, onde é somente a autoridade quem realiza a determinação da gravidade da penalidade que se deve ser aplicada, levando em consideração as determinações que se encontram no CTB.

Saiba mais sobre as multas gravíssimas, quais são, os valores e como recorrer

Antes de ter mais conhecimento sobre as multas gravíssimas, quais são, os valores e como recorrer, saiba que além de se prevenir para que os acidentes ocorram, é sempre preciso que se preste atenção quanto a pontuação que é obtida por tal tipo de infração.

Podemos dizer que além da multa, no caso das infrações gravíssimas, elas normalmente contabilizam 7 pontos na CNH, de acordo com o art. 250 do código de trânsito.

Dessa forma, é sempre preciso ter cuidado para não acumular pontos na carteira, pois segundo o art. 261, quando se chega a 20 pontos no período de um ano, é realizado a abertura de um processo administrativo de suspensão da sua CNH.

Com isso, pode-se dizer que três multas gravíssimas, quando recebidas em um ano, pode então levar a suspensão da CNH, onde tal punição é sempre muito perigosa, pois você pode não exercer mais o seu direito de dirigir pelo período de seis meses ou um ano.

Qual o valor da multa gravíssima?

Sobre o valor da multa gravíssima, esse é considerado como um dos fatores mais preocupantes para os condutores, quando cometem penalidades. Normalmente, as multas gravíssimas são sempre aplicadas em casos extremos de imprudência do condutor.

Assim, pode-se dizer que não é tão espantoso fazer a afirmação de que o valor estipulado pelo CTB para tais casos, seja o mais alto. Mas, até o mês de novembro de 2016, o valor que era cobrado no caso de uma multa gravíssima era de R$191,54.

No entanto, como o CTB não se passava por atualizações desde o ano de 2000, diversos pontos da lei começaram a sofrer mudanças, e o valor de cada um dos tipos de multa começou a ter um aspecto que chamou mais a atenção.

Com isso, a partir de então, pode-se verificar, segundo o art. 258, que o valor de uma multa gravíssima passou para R$293,47, porém tal valor ainda não é fixo. No caso de infrações mais agravantes, elas podem chegar a ser multiplicadas até 20 vezes mais.

Como recorrer a uma multa gravíssima?

Para recorrer a uma multa gravíssima para não se perder a CNH, é preciso que você faça a opção em realizar o recurso administrativo, a qual é considerada como uma opção que pode lhe ajudar a se livrar da multa.

Além disso, essa é ainda considerada como uma prática de solução legal em que todos os motoristas possuem o direito de certa maneira de se realizar, e caso não concordem com a multa gravíssima, a punição será então aplicada.

No entanto, caso você seja multado de forma injusta e tem a intenção de recorrer, você jamais deve se esquecer que qualquer tipo de multa sempre pode ser recorrido.

Portanto, se você queria saber sobre as multas gravíssimas, quais são, valores e como recorrer, saiba que depois de tudo o que você leu até aqui, você deve procurar sempre evitar ao máximo receber esse tipo de multa, especialmente por conta dos riscos, além ainda do fato do seu bolso também ser um grande argumento para você começar a se tornar mais responsável no trânsito.

editor :