X
    Categories: Dicas

Estacionamento – Dúvidas e precauções

Normalmente, ao deixar o seu carro em um estacionamento, você não possui a garantia de que esteja totalmente seguro. Além disso, diversos estacionamentos sempre colocam alguma placa passando alguma informação aos clientes de que a empresa não se responsabiliza caso ocorra danos nos veículos.

Assim, é essencial que você tire as suas dúvidas, principalmente sob o que é de responsabilidade do estacionamento e também do cliente quando deixa o seu carro no local. Por isso, é interessante que você conheça todos os seus direitos e como ter a segurança do seu carro.

Além disso, quando você for até um estacionamento, um fator que sempre se deve levar em conta é se ele possui filiação com algum sindicato do setor ou se apresenta seguro contra sinistro, o que mostra se o local apresenta comprometimento com o atendimento.

Conheça mais sobre as dúvidas e precauções de um estacionamento

Geralmente, a informação de que o estacionamento não irá se responsabilizar pelos veículos ou por algum objeto que se encontra dentro dele, vai contra o Código de Defesa do Consumidor e não possui nenhuma validade, devido ao CDC garantir que o local é sim responsável pelos danos do serviço oferecido.

É preciso que você conheça as precauções e recomendações que iremos citar abaixo para que isso não venha a ocorrer com você. No entanto, tudo o que será falado também vale para as atividades de manobra e de guarda veículos, os quis são geralmente proporcionados nos restaurantes e eventos.

Mas, de uma maneira geral, o CDC e outros órgãos de proteção e defesa do consumidor dão a garantia ao cliente de que ele não seja lesado na prestação desse tipo de serviço. Confira algumas dúvidas e precauções abaixo!

  • Quando for deixar o seu carro em um estacionamento, procure ficar de olho no estepe, pois o sumiço do estepe é conhecido como um dos prejuízos que mais ocorrem quando se deixa o carro em um estacionamento.

Assim, como na maioria dos casos, você irá só descobrir que não possui mais estepe quando necessitar usá-lo. Por isso, nem sempre se pode reclamar na hora da perda, já que não se sabe verdadeiramente quando ocorreu.

Dessa forma, a principal dica é que você sempre verifique o estepe antes e após estacionar o seu carro, pois assim você saberá se ele está no mesmo lugar.

  • Outra precaução fundamental é buscar informações se o local do estacionamento é de confiança.

Normalmente, essa é uma das primeiras atitudes para se prevenir, onde você deve descobrir se o estacionamento é legalmente constituído, pois caso o carro seja furtado ou batido, será mais fácil você acionar o seguro auto para ter o ressarcimento dos danos.

Além disso, procure observar logo na entrada, se a documentação exigida está à vista, incluindo o CNPJ e o Alvará de funcionamento, e sempre procure usar os estacionamentos que possuem seguro, pois isso irá garantir o ressarcimento em situações de roubo, manobras desastrosas e furtos no local.

  • Você deve levar em conta ainda, se existe vagas suficientes para você estacionar o seu carro, principalmente se o local for bastante movimentado ou lotado.

Assim, sempre verifique se existe área suficiente para realizar as manobras dos veículos, sem que isso prejudique a sua integridade.

  • Vale lembrar ainda que você sempre deve realizar o pedido da nota fiscal que comprove o período que o seu carro ficou sob os cuidados do estacionamento.

Normalmente, em casos raros, o carro pode ser usado pelos funcionários do estacionamento sem que exista a permissão ou o conhecimento do dono do veículo, o que é um fato bastante grave.

Dessa forma, caso o seu carro tenha saído do estacionamento nesse período e sem o seu consentimento, e durante o caminho tenha sofrido alguma multa de trânsito, tal comprovante irá servir como prova contra o estacionamento.

Com isso, o dono do estacionamento deverá arcar com todos os gastos, podendo ainda transferir os pontos da CNH para o responsável do acontecimento.

Portanto, quando for deixar o seu carro em um estacionamento, nunca jogue fora o comprovante do uso, pois será ele que irá provar em casos de reclamações de danos, roubos ou furto do veículo.

Assim, sempre faça valer todos os seus direitos no ato ocorrido, verificando se as informações do comprovante estão corretas.

editor :