X
    Categories: DicasEconomia

Permissão Internacional para dirigir – como funciona

Se você ainda não conhece, saiba que a permissão internacional para dirigir, também chamada de PID é um documento que é reconhecido internacionalmente comprovando a sua habilitação em qualquer país estrangeiro, possuindo uma validade em 135 países que estão subscritos na Convenção de Viena.

Assim, para a solicitação do PID o procedimento é bastante simples, onde você deve procurar pelo CFC ou também conhecido como Centro de Formação de condutores da cidade onde você mora.

Além disso, é importante salientar que qualquer pessoa que possua o CNH poderá realizar a solicitação da permissão internacional para dirigir, e para isso é preciso que você tenha algumas documentações em mãos, tanto os documentos originais como cópias.

Saiba mais como funciona a Permissão Internacional para dirigir

Normalmente, os condutores em alguns casos apresentam diversas dúvidas quanto a permissão internacional para dirigir, principalmente sobre a foto e a assinatura. Mas, quanto a isso, não é necessário se preocupar, pois a foto e a assinatura serão aproveitadas pela última expedição da sua CNH.

Assim, para a retirada do documento, é preciso que você retorne ao CFC onde foi solicitado o documento normalmente cinco dias depois do requerimento. Além disso, vale lembrar que somente os condutores que são habilitados que não estão em período de autorização para dirigir, podem tirar a PID.

Dessa forma, após um ano como condutor, você poderá realizar a sua solicitação. Outra informação bastante importante é em relação a categoria e as restrições sobre a PID, as quais serão sempre as mesmas que consta no seu CNH.

Qual a validade da Permissão Internacional para dirigir?

Em relação a validade da PID, ela normalmente costuma ser a mesma que consta no seu CNH, onde é importante destacar ainda que o seu CNH vale na maior parte dos países que se encontram na Convenção de Viena.

No entanto, nesse caso, o prazo de validade geralmente pode se limitar em 180 dias, os quais são contados desde o momento da sua entrada no país que escolheu para viajar.

Além disso, outro fator importante é em relação a emissão da PID, é a validade da sua CNH, onde é preciso que você esteja dentro do prazo de validade para poder então requerer a sua permissão internacional, pois caso contrário você deverá primeiramente renovar a CNH para então solicitar a PID.

O que fazer para requerer a minha Permissão Internacional para dirigir?

É claro que não existe qualquer manual ou tutoria específico para saber o que você deve fazer para requerer a sua permissão internacional para dirigir. Mas, como a PID é normalmente emitida pelo Detran de cada um dos estados, cada processo apresenta as suas peculiaridades diferenciadas dos outros.

Porém, provavelmente você conseguirá a sua solicitação e emissão da permissão internacional para dirigir de forma online, o que pode economizar muito o seu tempo.

Assim, basta apenas que você entre no site do Detran do seu estado e vá em busca do serviço que esteja relacionado com a PID ou com a habilitação internacional.

Para isso, geralmente você irá encontrar um formulário online padrão em que você deve procurar preencher todos os seus dados pessoais, como por exemplo, CPF, nome, RG, endereço, data de nascimento, entre outras informações pessoais.

Dessa forma, depois de confirmar todos os seus dados, você deverá emitir o DAE, o qual é um boleto para que você faça o pagamento da tarifa cobrada para a emissão da PID. Assim, basta apenas você aguardar pela entrega.

É importante falar que em alguns estados do Brasil, todos os procedimentos para o requerimento da permissão internacional para dirigir podem ser diferentes, como por exemplo, em certos casos que você paga a DAE primeiramente, para depois agendar a entrega da documentação pelo site e comparecer ao posto na hora em que foi marcada com toda a documentação.

Além disso, vale lembrar que a PID foi recentemente padronizada pelo Detran, e isso ocorreu para se tornar justamente compatível com todos os formatos que são usados nos outros países.

Dessa forma, a permissão internacional para dirigir pode ser criada em oito línguas diferentes, como alemão, árabe, chinês, espanhol, inglês, português, francês e russo. Com isso, com todos os documentos em mãos, você já estará totalmente apto para dirigir em qualquer território estrangeiro.

Portanto, tais pequenos ajustes da permissão internacional para dirigir é capaz de lhe auxiliar com a comunicação com as autoridades estrangeiras, onde na nova capa, o Brasil aparece em grande destaque e o nome da documentação é reproduzida em três idiomas distintos.

editor :