Simulador de carro – Realmente ajuda aprender a dirigir?

O Simulador de carro passou a ser obrigatório das autoescolas de todo país, pois tem como objetivo treinar o aluno para certas situações e com isso, contribuir para que você aprenda a dirigir.

De acordo com o Detran, o simulador faz com que o aluno supere a carga de aprendizado obtida na aula tradicional. A grande vantagem desse método é o aluno conhecer na prática quais os métodos de direção defensiva sob chuva, em rodovia, à noite e em emergências.

Essa máquina permite que a intimidade entre o condutor e o veículo aumente, pois o aluno consegue aplicar as noções aprendidas no simulador com mais facilidade, quando estiver no veículo de verdade.

Porém, o simulador de carro ainda divide opiniões sobre se realmente ajuda aprender a dirigir. Na realidade, ele é apenas um complemento para auxiliar a dirigir, mas você não conseguirá aprender só com ele.

Eficiência do simulador de carro

O aluno deve fazer 25 aulas práticas de direção para conseguir tirar a CNH e no mínimo 5 devem ser feitas no simulador. Essas aulas devem ocorrer antes da aula de trânsito.

Essa obrigatoriedade em todo Brasil gerou certa divisão de opiniões. Há quem acredite que isso é uma boa experiência, pois passa mais confiança. Porém, tem gente que acha que a direção é dura e muitas vezes, não obedece ao comando, ficando bem distante do que é a realidade.

Um grande benefício do simulador é para as pessoas que não tem familiaridade com o veículo. Com ele você aprende a colocar o cinto, arrumar o retrovisor, puxar freio de mão, etc.

Então, ele será o primeiro contato do aluno com o carro, fazendo com que a pessoa perca o medo de ir para rua. A insegurança e o medo é uma das maiores dificuldades dos condutores iniciantes.

Para as pessoas que também tem ansiedade de ir para o transito, ele também auxilia. O simulador de carro é um recurso pedagogo, que vai ensinar o aluno a se portar em algumas situações, dentro de uma condição segura e um ambiente controlado e supervisionado.

Como funciona o simulador de carro?

Basicamente, é como se fosse um vídeo game. Ele é equipado com acelerador, embreagem, freio, marchas, painel semelhante a um carro e freio de mão.

Antes de você dar início a simulação é necessário fazer todos os procedimentos que é feito dentro do carro antes de liga-lo, como colocar o cinto de segurança e arrumar os retrovisores.

O desafio começa em um acostamento, numa estrada sinuosa e escura. Você dá partida no carro e começa a simulação. Ao longo do caminho irão aparecer placas com indicações de velocidade máxima, quebra-molas, ultrapassagens, etc.

Isso tudo irá testar a habilidade do aluno. Quando a pessoa comete alguma infração, uma mensagem na tela principal avisa. O equipamento é bem educativo e por isso, auxilia bastante as pessoas.

Ele pode não te ensinar a dirigir realmente, mas te dará uma boa base para que você consiga dirigir bem. Na verdade, o simulador de carro será um auxilio inicial para que as pessoas aprendam, principalmente nas questões de trocar de marcha.

Com o simulador de carro ficou mais caro?

Sim, o preço para tirar a carteira de habilitação ficou mais caro, pois ocorreu um aumento na carga horária. Antigamente, eram necessárias apenas 20 aulas de direção prática.

Agora as aulas passaram a ser 25. Além disso, devemos contar que existe o custo da autoescola com o aparelho, uma vez que ela irá precisar comprar ou alugar o equipamento.

A autoescola pode optar em pagar pelo seu uso ou adquirir um novo. Há lugares que se juntam e colocam o simulador num espaço comum, para que todas as despesas sejam repartidas.

Mas devemos lembrar também que as aulas virtuais são mais econômicas do que as de rua, pois não há gastos com gasolina ou desgaste do carro.

Mas afinal, o simulador de carro realmente ajuda aprender a dirigir?

Bom, o simulador ajuda e muito para quem está começando a aprender a dirigir, mas isso não substitui de forma alguma as aulas práticas de rua.

Fazer a aula prática é muito melhor do que fazer a simulação, mas isso também não significa que ela não seja necessária. Todas as fases tem papel fundamental na formação do condutor.

Ou seja, uma complementa a outra. Por exemplo, não adianta nada você saber dirigir se não conhece a teoria e não sabe respeitar a sinalização. Da mesma forma que de nada adianta saber a teoria se você não sabe dirigir de fato.

Por isso, o simulador de carro veio como uma ferramenta a mais de auxilio na formação dos condutores e deve ser aproveitado ao máximo.

Veja também

Aprenda Definidamente Tudo sobre Leilões:

  Imagine você voltando de um leilão de Carros depois de ARREMATAR um Veículo pela …